Meio primeiro livro do ano: “Do mil ao milhão”

Olá mestres, tudo bem?

Eu resolvi começar esse ano, aprendendo um pouco sobre como investir. Na verdade toda a nossa educação financeira, sempre foi algo tão falho na nossa educação básica, que nunca nos ensinou a usar aquela tal matemática, que muitas vezes lá no ensino fundamental e médio, nos questionamos sobre “Onde vamos usar isso?”. Que poderia ser usada para nos apresentar como funciona a mágica que os juros compostos podem fazer tanto para o bem quanto para mal em nossas finanças! Esses mesmos juros, que podem ser usados para nos deixar cada vez mais pobres, quando nos deixamos levar pelos nossos anseios de comprar a nossa casa própria, o carro dos nossos sonhos, ou mesmo aqueles móveis que adoramos, e que por não termos condições de comprar a vista, acabamos nos deixando enrolar em dívidas, mas que também tem condição de nos fazer economizar, e até mesmo conseguir investir um pouco de capital para fazer aquele pézinho de meia para a melhor idade. Que no meu caso, já está logo ali virando a esquina.

Nessas horas, quando começamos a nossa primeira etapa, que eu considero importante, que é o estudo, precisamos sempre estudar se quisermos realizar algo com propriedade e não ser enganado, ou ficar confuso ao tomar nossas primeiras decisões em um terreno inóspito. Então resolvi pesquisar e encontrei alguns canais que depois poderei indicar, mas que já são mais que consolidados na internet. Resolvi também adquirir dois livros. Ainda sou uma pessoa que gosta muito de ler. Possuo um kindle, mas ainda compro muito livro tradicional (quase 90% das minhas compras são feitas em livros de papel).

Um desses livros é o que estou terminando agora, e é do já conhecido, pelos jovens investidores, Thiago Nigro, que possui um canal no Youtube chamado “Primo Rico“. O livro se chama Do Mil ao Milhão. Sem Cortar o Cafezinho.

O livro é muito bom para dar bases para pessoas, que assim como eu, não possuem conhecimento sobre investimentos, ou que não sabem fazer outra coisa além de serem ótimos pagadores de boleto (assim como eu… também).

O livro se divide em três partes, que acho que são bem interessantes: Gastar Bem, Investir Melhor e Ganhar Mais.

Não estou aqui para contar capítulo a capítulo do livro, mais eu gostei muito e indico ele. Não apenas pela leitura ser gostosa, a qual eu fiz toda em aproximadamente 6 horas, divididas entre as idas e vindas do trabalho no começo dessa semana.

Os conceitos apresentados então bem claros, os comparativos nos ajudam a entender a relação entre os tipos de investimentos, e alguns mitos são explanados, nos auxiliando a avaliar a nossa situação pessoal. Já que o Thiago Nigro deixa claro que tudo depende do nosso perfil e também dos nosso anseios pessoais. O que é importante para você, pode não ser para mim, e muito provável, não será para ele.

No meu caso, me ajudou a entender melhor o conceito do fundo de emergência, e me mostrar quais são os primeiros passos, para alcançar a tal da independência financeira. Me fez repensar nas grandes dívidas que fiz, a compra da casa própria, o financiamento do carro, e outros erros que comentemos frequentemente pelo consumismo. E ai entrou outro ponto muito legal do livro, foi logo de cara mostrar o que é ser rico.

Bom pra mim, serviu para iniciar meu ano com boas perspectivas e planos. Já estou preparando metas financeiras para começar a ter meu fundo de emergência, iniciar, antes tarde do que nunca, meu plano de aposentadoria.

Sobre a terceira parte do livro Ganhar Mais eu vou tentar vir dar a minha opinião um pouco mais a frente. A terceira parte poderia render um livreto spinoff tranquilamente. E se eu existensse esse livreto eu compraria dezenas para dar de presente a pessoas que eu gostaria que melhorassem em suas carreiras.

Mas é isso mestres, se tiverem interesse no livro, comprem pelo link abaixo:

Esse foi meu primeiro conteúdo do ano, deixam seus comentários ai, curtam o nosso vídeo no Youtube e compartilhem nas redes sociais.

Leave a Reply

Pin It on Pinterest